fbpx

O Arauto Brasileiro

O jornal da família tradicional brasileira

Quatro idosos morrem a bordo de cruzeiro no Panamá

O cruzeiro Zaandam tem cerca de 1.800 pessoas a bordo, das quais várias têm sintomas gripais

O cruzeiro Zaandam, da empresa Holland America, zarpou em 7 de março de Buenos Aires com destino a San Antonio

O navio cruzeiro MS Zaandam, com mais de 1200 passageiros e 586 tripulantes, terá mais de 130 casos suspeitos de infecção a bordo e tem visto repetidamente negada a autorização para atracar em diversos portos da América do Sul.

Agora ao largo do Canal do Panamá, surge a notícia da morte de pelo menos quatro passageiros idosos, revelada num comunicado da Holland America, que opera o cruzeiro, acrescentando que pelo menos dois outros passageiros foram testados positivamente com Covid-19.

Passageira comenta a situação da embarcação, com doentes do Covid-19 à bordo.

Quatro passageiros idosos morreram a bordo do navio de cruzeiro “Zaandam“, ancorado na costa do Panamá, onde aguarda assistência após ser rejeitado em vários portos da América Latina por suspeita de Covid-19, informou a empresa responsável pelo navio na sexta-feira. 

A empresa disse em comunicado em seu site:

A Holland America Line confirma que quatro passageiros mais velhos morreram no Zaandam. Nossos pensamentos e orações vão para suas famílias e estamos fazendo todo o possível para apoiá-los nesses tempos difíceis.

O governo panamenho negou ao cruzeiro holandês Zaandam o trânsito pelo canal do Panamá, anunciou nesta sexta-feira o administrador da via marítima, Ricaurte Vásquez, que também informou que o barco ficará em quarentena se algum caso do novo coronavírus for confirmado a bordo.

Vásquez disse em uma teleconferência com jornalistas:

O Ministério da Saúde não permitiu, o navio está em águas territoriais panamenhas, mas tem que permanecer isolado.

Ele ressaltou:

Não nos comunicaram se há casos positivos de coronavírus a bordo, o que nos disseram é que o navio não pode transitar (pelo Canal) por questões de salubridade.

O cruzeiro Zaandam tem cerca de 1.800 pessoas a bordo, das quais várias têm sintomas gripais. Nesta sexta, o navio está recebendo ajuda de um outro, o Rotterdam, que saiu de San Diego, nos Estados Unidos, levando suprimentos, equipes e testes para o novo coronavírus.

 Vásquez acrescentou:

Foi confirmado que efetivamente o ‘navio tem pessoas com sintomas (de Covid-19)’, motivo pelo qual foi implementado um protocolo de isolamento para que ‘não tenham contato com as equipes do Canal do Panamá’.

O administrador da via marítima, alertou ainda que tenha reconhecido que manter o cruzeiro em quarentena seja complicado para os passageiros e para o Panamá:

Aqui não há meio termo. Aqui é ou não é. Se há um positivo, o navio entra em quarentena.

O Zaandam saiu no último 7 de março de Buenos Aires em direção à San Antonio, na costa central do Chile, mas teve que alterar sua rota por causa das medidas drásticas que governos sul-americanos estão tomando em relação à expansão do novo coronavírus.

Tentou atracar em vários portos, mas foi se deparando com o fechamento de todas as fronteiras na América do Sul por causa da pandemia. O cruzeiro tinha a intenção de atravessar o canal como forma de seguir sua rota até Fort Lauderdale, na Flórida, com a esperança de que todos os passageiros desembarcassem ali no próximo 30 de março.

Se gostarem, compartilhem e divulguem nosso jornal, as nossas páginas e/ou perfis nas redes sociais:

Facebook Gab Gettr Instagram LinkedIn Minds Parler Telegram Tumblr Twitter WhatsApp YouTube

Para aqueles que quiserem contribuir com o nosso modesto jornal, dispondo de algum capital para financiar-nos, cliquem no link abaixo e conheçam melhor o nosso projeto de mídia independente de jornalismo e informação.

Invista já no Arauto Brasileiro e fique sempre bem informado!

E não deixem de divulgar nossas redes sociais a outros amigos leitores e seguidores e para o maior número possível de pessoas, e sobre o nosso jornal online! Se inscrevam em nosso canal no YouTube, cliquem no sininho para continuarem a receber novidades sobre vídeos publicados no canal e curtam os vídeos para aumentar a nossa visibilidade e relevância na internet!

E sigam sempre as nossas publicações em nossas redes sociais oficiais!

Para aqueles que quiserem realizar denúncias, fazerem reclamações, elogios, sugestões, ou ainda, quaisquer outras solicitações ao nosso jornal, basta clicarem nos links abaixo, que lhes dará acesso aos respectivos formulários, contribuindo para melhorarmos ainda mais o nosso projeto de mídia independente.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação
Roberto Mayrink
Autor(a): Roberto Mayrink

Engenheiro, escritor e pesquisador autodidata. Criador de vários websites. Analista político. Conservador e monarquista. Estudioso de História, Genealogia, Heráldica e outras ciências relacionadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.