fbpx

O Arauto Brasileiro

O jornal da família tradicional brasileira

Taxa de mortalidade pelo COVID-19 vai subir na Alemanha

3 min read
Com uma dimensão semelhante a da Espanha e com uma população tão envelhecida quanto a da Itália, a Alemanha continua a registrar uma taxa de mortalidade relativamente baixa apesar do número elevado de casos.

A taxa de mortalidade por covid-19 na Alemanha vai subir. O aviso partiu do presidente do Instituto Robert Koch, Lothar Wieler.

De acordo com o último balanço, o número de mortos por causa do novo coronavírus subiu para 583. Nas últimas 24 horas registraram-se 128 óbitos.

Reproduzir vídeo

Até agora, a Alemanha tem intrigado as autoridades de saúde mundiais devido à baixa morbilidade, mas a tendência parece estar se invertendo.

O número de casos confirmados subiu, também exponencialmente. A Alemanha tem agora mais de 62 mil pessoas infetadas pela COVID-19.

Lothar Wieler, explica o fenômeno germânico dizendo que a mortalidade no país tem sido baixa porque como começaram a fazer testes muito cedo conseguiram preparar-se muito bem. Ou seja, os mais idosos ficaram mais resguardados. No entanto, registra-se, agora, um acréscimo de casos em lares de idosos, e “como resultados disso, temos de assumir que a taxa de mortalidade também vai subir”.

O estado da Baviera é o mais afetado, registrando cerca de 15 mil casos confirmados.

previous arrow
next arrow
Slider

Com 16 Estados federados, a Alemanha tem implementado diferentes medidas para a contenção da pandemia no país.

O Estado da Renânia do Norte-Vestefália, por exemplo, lançou uma plataforma através da qual os hospitais da região podem consultar, por videoconferência, especialistas das clínicas universitárias de Aachen e Munster.

Já o senado de Berlim vai debater a lista de multas a serem aplicadas em caso de descumprimento das medidas de contenção em vigor na região. De acordo com as propostas, as multas podem ascender aos 25 mil euros.

A nível nacional, o Executivo de Angela Merkel impôs restrições à circulação de pessoas, só devendo sair em caso de necessidade e no máximo em grupos de dois.

Se gostarem, compartilhem e divulguem nosso jornal, as nossas páginas e/ou perfis nas redes sociais:

Facebook GAB Instagram LinkedIn Minds Parler Telegram Tumblr Twitter WhatsApp YouTube

Para aqueles que quiserem contribuir com o nosso modesto jornal, dispondo de algum capital para financiar-nos, cliquem no link abaixo e conheçam melhor o nosso projeto de mídia independente de jornalismo e informação.

Invista já no Arauto Brasileiro e fique sempre bem informado!

E não deixem de divulgar nossas redes sociais a outros amigos leitores e seguidores e para o maior número possível de pessoas, e sobre o nosso jornal online! Se inscrevam em nosso canal no YouTube, cliquem no sininho para continuarem a receber novidades sobre vídeos publicados no canal e curtam os vídeos para aumentar a nossa visibilidade e relevância na internet!

E sigam sempre as nossas publicações em nossas redes sociais oficiais!

Para aqueles que quiserem realizar denúncias, fazerem reclamações, elogios, sugestões, ou ainda, quaisquer outras solicitações ao nosso jornal, basta clicarem nos links abaixo, que lhes dará acesso aos respectivos formulários, contribuindo para melhorarmos ainda mais o nosso projeto de mídia independente.

Roberto Mayrink
Autor(a): Roberto Mayrink

Engenheiro, escritor e pesquisador autodidata. Criador de vários websites. Analista político. Conservador e monarquista. Estudioso de História, Genealogia, Heráldica e outras ciências relacionadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.