fbpx

O Arauto Brasileiro

O jornal da família tradicional brasileira

Argentina proíbe Facebook de mudar políticas de privacidade do WhatsApp

O Ministério do Comércio Interno da Argentina, nesta segunda-feira (17), proibiu o Facebook Inc. de alterar as políticas de privacidade do aplicativo de mensagem WhatsApp.

Conforme a determinação do governo argentino, as empresas devem se abster de implementar as novas regras por seis meses ou até o fim da investigação em curso, que apura possível “conduta anticompetitiva  de abuso de posição dominante”.

Após a nova atualização das políticas de privacidade do WhatsApp, os usuários seriam obrigados a aceitar os novos termos de serviço, se desejassem continuar utilizando a plataforma de mensagem.

O Ministério disse que as novas regras que autorizam o WhatsApp a compartilhar dados de usuários com empresas do grupo do Facebook podem representar uma potencial violação das leis de concorrência da Argentina.

Segundo o governo peronista, o Facebook “goza de uma posição dominante no mercado” argentino, “através das suas redes sociais, Instagram e plataforma de mensagens WhatsApp”. Atualmente, o serviço de mensagem é utilizado por 76% dos usuários de celular no país.

O governo argentino alega ao justificar a resolução:

Se for verificada a troca de informações de usuários estabelecida para 15 de maio deste ano, estaria se formando um banco de dados de usuários com um nível de detalhamento que não pode ser replicado por outras empresas.

O Ministério do Comércio considerou necessária a intervenção porque existiria “uma forte assimetria no poder de negociação entre os usuários e o WhatsApp, pelo que estes serão em sua maioria obrigados a aceitar as novas condições de serviço, permitindo ao WhatsApp recolher excessivos dados pessoais e compartilhar as informações pessoais de forma indevida com outros aplicativos do grupo, como Facebook e Instagram”.

Se gostarem, compartilhem e divulguem nosso jornal, as nossas páginas e/ou perfis nas redes sociais:

Facebook Gab Gettr Instagram LinkedIn Minds Parler Telegram Tumblr Twitter WhatsApp YouTube

Para aqueles que quiserem contribuir com o nosso modesto jornal, dispondo de algum capital para financiar-nos, escaneiem nosso QR Code abaixo e financiem pelo PIX o nosso projeto de mídia independente de jornalismo conservador e de boa informação cultural.

Invista já no Arauto Brasileiro e fique sempre bem informado!

E não deixem de divulgar nossas redes sociais a outros amigos leitores e seguidores e para o maior número possível de pessoas, e sobre o nosso jornal online! Se inscrevam em nosso canal no YouTube, cliquem no sininho para continuarem a receber novidades sobre vídeos publicados no canal e curtam os vídeos para aumentar a nossa visibilidade e relevância na internet!

Para aqueles que quiserem realizar denúncias, fazerem reclamações, elogios, sugestões, ou ainda, quaisquer outras solicitações ao nosso jornal, basta clicarem nos links abaixo, que lhes dará acesso aos respectivos formulários, contribuindo para melhorarmos ainda mais o nosso projeto de mídia independente.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação
Roberto Mayrink
Autor(a): Roberto Mayrink

Engenheiro, escritor e pesquisador autodidata. Criador de vários websites. Analista político. Conservador e monarquista. Estudioso de História, Genealogia, Heráldica e outras ciências relacionadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.