fbpx

O Arauto Brasileiro

O jornal da família tradicional brasileira

Quer seduzir uma mulher? Estudo recomenda dar comida para ela.

Qualquer homem que tenha um pouco de experiência de vida sabe que mulheres ficam mais calmas e amáveis quando estão de barriga cheia. Agora, além da experiência de vida, temos até a ciência para confirmar a teoria de que mulheres são gulosas.

Um estudo realizado pela pesquisadora Alice Ely na Universidade da Califórnia em San Diego concluiu que uma mulher bem alimentada fica mais propensa a compreender sinais sedutores ou românticos, pois a comida influencia seu cérebro ativando o lado da recompensa.

A princípio, o estudo tinha apenas como objetivo verificar as alterações cerebrais em mulheres em decorrência da presença de algumas comidas. Foi descoberto que mulheres que tinham histórico de dieta apresentavam um elevado índice no circuito de recompensa.

Diante desse resultado, a pesquisadora quis ir mais adiante e verificar respostas do cérebro feminino a estímulos românticos, ela deu fotos de casais de mãos dadas às mulheres pesquisadas e o resultado foi que tanto as mulheres que tinha histórico de dieta quanto as que não tinham apresentavam as mesmas respostas para recompensa quando bem alimentadas e ainda tiveram ativadas partes do cérebro responsáveis pela percepção e comportamento objetivo.

Conclusão

É óbvio que, para conquistar uma mulher, precisa-se mais do que comida, porém o estudo nos mostra que um banquete pode agir e influenciar o cérebro delas romanticamente. Pelo visto, o romance começa na cozinha e não no quarto como muita gente pensa.

A pesquisa completa pode ser lida em inglês clicando aqui.

Jenifer Castilho
Autor(a): Jenifer Castilho

Escritora e pedagoga. Resenhista, blogueira e YouTuber. Analista política, Conservadora Cristã, Anti-feminista e Ativista digital em redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.